Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Uma pedra é uma pedra

por Manuel P., em 28.10.15

 

 

Não sejas uma pedra imóvel á beira da estrada,

rebola um pouco, segue a maresia e  repousa nas areias onde a maré rebenta.

Sente a ondulação rebentar em ti, moldar-te as formas e os sentidos

deixa as ondas levarem-te ao sabor das correntes

mostrar-te o frio, fazer sentir-te o calor dos trópicos e as especiarias.

 

Não sejas somente uma pedra imóvel na berma do caminho,

porque uma pedra é uma pedra, mas a mesma pedra pode ser uma outra pedra,

e se o caminho pode ser um lamaçal o mesmo caminho pode ser o separar de um vale repleto de vida

e um campo de areias e cloreto de sódio.

 

Porque uma pedra é uma pedra mas a mesma pedra pode ser uma outra pedra,

escolhe o tipo de pedra que queres ser, e não deixes ser a pedra que não queres.

 

Porque uma pedra é uma pedra, mas todas as pedras podem ser outra pedra

e a mesma pedra pode estar a beira do caminho,

mas se a pedra quiser, é uma pedra de uma parede de um castelo,

se a pedra quiser é uma pedra de um moinho

ou uma pedra adormecida pelo riacho ou uma montanha.

Mas se a pedra não quiser,

é apenas uma pequena e simples pedra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:53



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D