Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Um mundo sem ti

por Manuel P., em 29.07.15

 

Há um certo vazio nos dias em que não estou contigo.

Percorro as ruas e os campos, e não sinto o cheiro fas flores ou o cantar dos pássaros,

E nem as madrugadas têm aquela luz polvilhada de maresia.

No fundo, a vida continua sem ti como sempre continuou, calma, serena, turbilhante.

Mas a tua presença, mesmo que distante enche-a de cores e cheiros.

Há uma notável diferença entre tu e o resto

Há uma notável ausência de gritos e cantos quando não estás

e os pardais não esvoaçam por ti.


Haverá pois um destino encantado

Longe do presente

onde o ausente não se encontre.

 

Haverá pois um mundo onde a tua imagem se encontre reflectida nas águas do mar,

onde o teu rosto esteja recortado por entre as nuvens que saltitam nos azuis dos céus

e o brilho do teu olhar se reflicta na lua.


Talvez.

Mas mesmo assim, os rios continuam a correr incessantemente para o mar e a terra não pára o seu centrifugo girar.

Os gatos não desistem dos ratos e os frutos não param de tentar acertar num alvo imaginário.


Há um certo encanto no mundo contigo,

e,

embora ele continue incólume sem ti,

quando nele mergulhas tudo parece tão diferente e irreconhecível.


Há no Universo dois mundos, e apenas um gostaria de conquistar.




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:33


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D