Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Um mundo sem ti

por Manuel P., em 29.07.15

 

Há um certo vazio nos dias em que não estou contigo.

Percorro as ruas e os campos, e não sinto o cheiro fas flores ou o cantar dos pássaros,

E nem as madrugadas têm aquela luz polvilhada de maresia.

No fundo, a vida continua sem ti como sempre continuou, calma, serena, turbilhante.

Mas a tua presença, mesmo que distante enche-a de cores e cheiros.

Há uma notável diferença entre tu e o resto

Há uma notável ausência de gritos e cantos quando não estás

e os pardais não esvoaçam por ti.


Haverá pois um destino encantado

Longe do presente

onde o ausente não se encontre.

 

Haverá pois um mundo onde a tua imagem se encontre reflectida nas águas do mar,

onde o teu rosto esteja recortado por entre as nuvens que saltitam nos azuis dos céus

e o brilho do teu olhar se reflicta na lua.


Talvez.

Mas mesmo assim, os rios continuam a correr incessantemente para o mar e a terra não pára o seu centrifugo girar.

Os gatos não desistem dos ratos e os frutos não param de tentar acertar num alvo imaginário.


Há um certo encanto no mundo contigo,

e,

embora ele continue incólume sem ti,

quando nele mergulhas tudo parece tão diferente e irreconhecível.


Há no Universo dois mundos, e apenas um gostaria de conquistar.




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:33



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D